RESENHA | “Navio Negreiro” e o terror da justiça em uma novela visceral de Cesar Bravo

Outubro começa de forma especial para o Sr. Machado. Há um ano eu tive meu primeiro contato com a obra de Cesar Bravo, maior revelação do gênero terror no Brasil. Na ocasião, li o incrível Além da Carne, uma coletânea de contos insanos que me conquistou de todas as maneiras. Um ano após esse primeiro contato, o cenário é outro; Cesar Bravo continua sendo um mestre do terror, mas não mais um autor independente – seu talento foi abraçado pela DarkSide Books e seu novo livro, Muito Além da Carne, está prestes a ser lançado. E o que isso tem a ver com outubro ser um mês especial para mim? Simples: sou fã do autor, estou feliz por suas conquistas e ansioso pelo que virá daqui pra frente. Inclusive, lancei um projeto chamado B.R.A.V.O. (Bravo Readers and the Visceral October) com o objetivo de reunir os fãs das histórias do Bravo e as pessoas que apoiam a literatura nacional. Outubro é sem dúvida alguma um mês especial, o melhor mês do ano.

navionegreiro_1

Aproveitando o momento, resolvi colocar algumas leituras em dia, pegar as obras que o autor tem disponível na Amazon para ler durante o mês de outubro. Me preparar para o que está a caminho. Acabei de ler a novela Navio Negreiro e quero compartilhar (brevemente) minhas impressões com vocês. Vamos ao que interessa.

Navio Negreiro se passa dentro de um presídio e tem como foco dois personagens: Santos, um dos presidiários e Manfredini, um dos policiais. Além desses personagens, a trama tem um cenário – um espaço do presídio – muito importante para seu desenvolvimento. Trata-se da cela em que Santos cumpria sua sentença. Digo cumpria, no passado, pelo fato do personagem ser morto logo no começo da história. Manfredini é o responsável pela morte de Santos, morte essa que acaba trazendo uma espécie de maldição para sua cela (por um motivo que você terá que ler para descobrir). A partir disto coisas terríveis começam a acontecer na cela e Manfredini se torna a figura principal da narrativa, tendo seu desenvolvimento diretamente afetado pelo que aconteceu no presídio. Paro de falar sobre o que a história se trata por aqui para não estragar sua experiência de leitura.

navionegreiro_2

Navio Negreiro impressiona e eu explico o porquê disso. Embora seja uma novela – tipo breve de narrativa –, todos os elementos são bem desenvolvidos. Aqui eu gostaria de usar como exemplo a morte de Santos, primeira cena da história e uma das mais marcantes. Toda a violência da cena é contada em detalhes, tudo é exposto de forma que o leitor consiga imaginar aquilo por completo e, mesmo assim, a cena é concisa. Talvez a maior qualidade de Navio Negreiro seja essa: contar tudo em detalhes para que o leitor possa ficar com as imagens na mente e ainda assim manter a estrutura concisa que uma novela exige.

navionegreiro_3

Outro ponto que destaco na narrativa é a questão da justiça e a forma como ela é abordada. A justiça às vezes falha. Ás vezes… É a frase que temos na capa, um subtítulo que indica uma das características que será bem desenvolvida durante a história. Em Navio Negreiro a justiça é cruel, pesada e surpreendente, criando assim todo o terror que envolve a obra. É exatamente essa justiça bem aplicada que torna a narrativa tão interessante. A novela acaba levando o leitor a refletir sobre as consequências que qualquer ato carrega, mostrando que aquilo que você pensou que poderia ficar para traz pode muito bem voltar para tirar satisfação.

navionegreiro_4

Cesar Bravo prova mais uma vez ser um mestre do gênero, entregando uma obra que satisfaz do começo ao fim. O autor consegue – com muita competência – fazer tudo que um fã de terror espera; sua história é tensa e extremamente violenta, assusta por sua crueza. Algumas pessoas escrevem terror, mas poucas conseguem caminhar na linha tênue do gore como Cesar Bravo. Se em Além da Carne os contos demonstraram seu talento para o terror insano e visceral, Navio Negreiro prova de vez sua capacidade em desenvolver suas maiores características em diferentes formatos.

Espero que o pouco que pude compartilhar tenha sido o suficiente para pelo menos despertar seu interesse. O livro está disponível na Amazon por um ótimo preço para que você possa tirar sua própria conclusão. Dê uma chance para um autor nacional que escreve terror do mais alto nível. Leia, compartilhe comigo essa experiência. Tenho certeza que ainda vamos falar muito sobre Cesar Bravo e suas histórias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s