Resenha | Menina Má: inocência e maldade lado a lado em romance cruel de William March

Sinto que preciso começar esse texto falando sobre aparências, mesmo que brevemente. O motivo é simples: Menina Má pode enganar alguns leitores pela sua aparência – um livro que traz na capa a imagem de uma garotinha de olhos azuis e usa bastante a cor rosa. Não se engane, por favor. Menina Má não é um livro fofinho, e a prova disso está em seu conteúdo: um verdadeiro soco na cara. Enfim, isso é apenas um alerta; quero evitar logo de cara qualquer tipo de preconceito com relação ao livro.

20160523_121149

Mas o que o leitor pode esperar? O que Menina Má oferece? O livro conta a estória de Rhoda, uma garota aparentemente perfeita – muito educada, organizada e inteligente. Mas por trás dessa aparência comum existe uma garota de personalidade fria, calculista e nada (naturalmente) afetuosa. Também é imprescindível citar a mãe de Rhoda, uma mulher amorosa e um tanto ingênua que assume uma grande importância  no livro. Levando em conta essas duas personagens como ponto de partida, o leitor pode esperar por um livro que consegue trabalhar diferentes personalidades de maneira igualmente incrível. Menina Má oferece, desde o princípio, uma narrativa que tende a se desenvolver de forma conflituosa (no bom sentido), agarrando de primeira quem o lê.

20160523_120507

Embora o clima de conflito chame a atenção logo de cara, a grande sacada de Menina Má está na reflexão feita sobre a maldade. De onde vem à maldade? Ela é uma espécie de semente que carregamos conosco, capaz de ser passada de forma hereditária? O ambiente em que vivemos influência em algo? Essa é a grande questão da obra, uma dúvida que irá permear todo o livro, perturbando de modo direto tanto a mãe de Rhoda quanto o leitor. O autor, William March, foi de fato muito feliz em trabalhar esse elemento – não foi à toa que Ernest Hemingway o elogiou, classificando seu romance como “assustadoramente bom”.

20160523_120647

São tantas as qualidades de Menina Má que preciso ficar atento para não deixar o principal escapar, não posso cometer nenhuma injustiça com um livro deste calibre. Além de trazer muito conflito e reflexão, o livro consegue tratar a inocência e a maldade do ser humano de um jeito bem próximo. É de impressionar como Rhoda consegue transmitir a inocência de uma criança e ao mesmo tempo possuir a maldade que só um adulto deveria conhecer. Aqui, maldade e inocência andam lado a lado. Não tenho como negar que Menina Má é um livro cruel e pesado, mas também não tenho como deixar de afirmar sua qualidade literária – um suspense de grande nível.

Em suma, Menina Má é um livro que precisa ser lido, principalmente pelos fãs de suspense – que possuem a obrigação de pelo menos dar uma chance a essa obra. Já adianto que o livro ocupou minha posição de melhor livro do ano, até o momento. Leia sem medo, tenho certeza que o livro irá te surpreender. Até a próxima!

Livro recebido em parceria com a DarkSide® Books, para mais informações acesse o site e redes sociais da editora: Facebook | Twitter | Instagram | G+ | YouTube

nota

✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪

2 comentários sobre “Resenha | Menina Má: inocência e maldade lado a lado em romance cruel de William March

  1. Esse livro também tomou a posição de melhor livro do ano para mim.
    É muito cruel e ao mesmo tempo realista, conseguimos sentir a dor de uma mãe e ao mesmo tempo a difícil decisão sobre o se fazer com uma criança psicopata.
    Sua resenha retrata claramente o que todo leitor sente ao ler Menina Má. (:

    Curtido por 1 pessoa

    • A decisão que a mãe tem que tomar é muito angustiante, o livro é muito tenso. E poxa, que legal saber que Menina Má também foi o seu livro favorito do ano :))) Obrigado pela visita.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s