Resenha | Viva o espírito aventureiro e o prazer da amizade em “Os Goonies”, clássico da década de 80

Sobre o que se trata

O clássico filme infanto-juvenil, Os Goonies (adicione ao skoob) volta direto dos anos 1980, adaptado para livro. Às vésperas de serem despejados de seus lares, um grupo de crianças – os Goonies – segue em busca de um tesouro escondido, em uma história fantástica de amizade.

Minhas impressões

Esse era um livro que já estava na minha lista de leituras há um bom tempo, sempre olhava para ele com vontade de pegar e começar a ler, mas sempre outro livro entrava e deixava Os Goonies pra depois. Após muito tempo, consegui pegar o livro e começar sua leitura, e isso aconteceu no momento em que eu menos esperava. Estamos em outubro de 2015, mês do Halloween – mês do terror, um mês improvável para a leitura de um livro que conta as aventuras de uma turma de adolescentes. Mas podemos levar em consideração que em outubro também teve o Dia das Crianças, uma data que pede a leitura de algo mais leve. Pensando bem, não existe isso de momento certo ou errado para ler Os Goonies, e foi isso que eu coloquei em mente para ler esse clássico. Ainda bem que isso aconteceu, pois esse é um livro que eu estava precisando ler. Agora quero compartilhar com vocês um pouco da minha experiência.

Os Goonies conta a estória de uma turma de adolescentes que estão ameaçados – juntamente com suas famílias – de perder o local onde eles vivem. Suas casas estão ameaçadas pelo rico Sr. Perkins, que deseja construir um campo de golfe no local de suas casas. Em uma tarde na casa de Mikey Walsh (um Goony, personagem pelo qual a narrativa é contada), com todos os Goonies reunidos (Gordo, Bocão, Dado e Brand) um antigo mapa é encontrado no meio das coisas do pai de Mikey. Esse mapa surge como a última esperança para a turma, pois caso eles consigam ir até o local indicado e encontrar o tesouro, terão dinheiro suficiente para permanecer vivendo no mesmo local – terão a oportunidade de permanecer unidos.

É assim que a narrativa começa, nos dando uma pequena noção da grande aventura que está por vir. Nessa parte, ainda na casa do Mikey Walsh, temos a oportunidade de conhecer um pouco mais de cada personagem, ver como cada um se comporta. É aqui que começamos a nos apegar aos personagens e suas características, é aqui que nos sentimos convidado a mergulhar de cabeça nessa aventura. Quem quando criança nunca teve vontade de viver uma grande aventura? Como leitor, é quase impossível não se identificar com algum personagem e com a aventura que está por vir.

Não irei revelar muito sobre o período em que a turma está em busca do tesouro, pois o interessante é chegar nessa parte e se surpreender com cada detalhe. O que acho válido dizer é que durante o desenvolvimento da narrativa, outros personagens irão surgir e tornar a aventura cada vez mais interessante. É o caso da Stef e Andy, as duas garotas que se juntam aos outros na caça ao tesouro. E como toda boa aventura, os vilões também marcam presença: Jake, Francis e Mama – o trio barra pesada. E o que dizer do assustador e ao mesmo tempo carismático Sloth? Amigos, uma coisa é certeza: uma grande aventura aguarda por vocês.

O que falo aqui é a minha experiência com o livro antes de assistir o filme (tenho o costume de primeiro ler o livro para depois complementar minha experiência com o filme), mas acredito que o livro não deixa de ser interessante para quem já conhece o filme. Como já é de se esperar, o livro dá ao autor a oportunidade de desenvolver melhor a narrativa, que é o que o James Kahn faz. São vários detalhes que ajudam a tornar o livro uma grande aventura. Os Goonies é de longe o livro mais divertido que já li, foi uma experiência totalmente diferente e no final pude perceber que eu estava precisando de algo assim. É bom sair da caixinha às vezes e ter contato com algo puramente leve e divertido – e por que não dizer emocionante? Leitura interessante para todos os tipos de leitores, um livro que não perdeu seu brilho após tantos anos.

Sobre a edição

Não importa se é em brochura ou capa dura, a DarkSide Books sempre trás edições caprichadas para os leitores. Os Goonies foi o primeiro livro publicado pela editora e logo de cara temos um trabalho digno. Minha edição é a de brochura, apresenta uma arte de capa muito bonita, papel de qualidade, diagramação e tamanho de fonte excelente. Divisões de capítulos bem organizadas e tradução de qualidade. Uma edição que demonstra que a DarkSide teve a preocupação de entregar um ótimo trabalho logo no primeiro livro publicado. Recomendo em todos os sentidos.

✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s