Resenha | A família Torrance e o Overlook em “O Iluminado”, clássico de Stephen King

Em O Iluminado (adicione ao skoob) Danny Torrance não é um menino comum. É capaz de ouvir pensamentos e transportar-se no tempo. Danny é iluminado. Será uma maldição ou uma bênção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook. Só que o Overlook não é um hotel comum. O tempo esqueceu-se de enterrar velhos ódios e de cicatrizar antigas feridas, e espíritos malignos ainda residem nos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. É uma sentença de morte. E somente os poderes de Danny podem fazer frente à disseminação do mal.

Após ler Carrie, a Estranha (resenha) decidi me aventurar em mais um livro do mestre Stephen King. Dessa vez o escolhido foi O Iluminado, terceiro romance de Stephen King lançado em 1977. Quando iniciei a leitura eu já imaginava um grande livro por se tratar de clássico e também pela minha experiência com o filme do Stanley Kubrick, um dos meus filmes favoritos. O Iluminado é um clássico absoluto. Agora, o que mais me surpreendeu foi a profundidade do livro e a forma como o autor conseguiu desenvolver seus personagens, prendendo o leitor durante todo o livro.

Resumindo, o livro nos a história da família Torrance: Danny, Jack e Wendy. Danny é um garoto iluminado, ou seja, ele consegue ver e sentir coisas que os outros não conseguem. Seu pai, Jack Torrance, é um homem que passou por uma fase como alcoólatra e agora tenta reconstruir a sua vida e também a de sua família. Wendy é a mãe protetora. Quando a família Torrance está em uma situação financeira muito complicada, surge a oportunidade de Jack ser o zelador do Hotel Overlook durante o inverno, um hotel localizado no alto de uma montanha. No começo parece que essa é a solução de todos os problemas, é a chance de Jack reconstruir sua vida ao lado de sua família. Mas o Overlook não é um lugar comum, seu passado ainda vive e coisas estranhas podem acontecer com a presença do iluminado Danny.

É inevitável fazer comparações entre livro e filme durante esse texto, mas qualquer comparação que eu faça aqui não tem como intenção desmerecer nenhuma obra. Ao contrário do filme, o livro consegue mostrar de maneira muito precisa como era a vida dos personagens antes da mudança para o Overlook. A primeira parte do livro serve como uma introdução onde o leitor tem a oportunidade de conhecer Danny, Jack e Wendy e entender o motivo deles estarem nessa situação. Quando cheguei na parte onde a família vai passar a temporada de inverno no Overlook fiquei completamente preso na trama, é incrível a forma como o Stephen King escreveu esse livro, quase tudo se passa dentro do hotel durante as quase quinhentas páginas e mesmo assim não ficamos entediados em momento algum. Talvez a construção dos personagens seja a mais bem feita que eu já vi, é possível sentir a mudança de cada um com o passar dos acontecimentos de modo perfeito, no final eu estava completamente apegado aos personagens e impressionado com suas mudanças de comportamento.

Esse é o segundo livro que leio do Stephen King e o meu favorito por enquanto. O clima é incrível, os personagens são inesquecíveis e o Overlook é assustador. Tudo isso é amarrado por um ritmo perfeito e uma escrita precisa. Obrigatório para os fãs de terror e suspense, simplesmente genial, simplesmente Stephen King.

Stephen Edwin King é um escritor americano, reconhecido como um dos mais notáveis escritores de contos de horror fantástico e ficção de sua geração. Os seus livros venderam mais de 350 milhões de cópias, com publicações em mais de 40 países. Muitas de suas obras foram adaptadas para o cinema. É o nono autor mais traduzido no mundo.

Nessa edição de O Iluminado a Suma de Letras demonstra novamente um trabalho incrível com os títulos do Stephen King. O que mais me admirou foi o cuidado com o texto, é muito difícil ler um livro desse tamanho (quase 500 páginas) e não encontrar erros de revisão, portanto, devo ressaltar esse ponto positivo, o trabalho de tradução e revisão da editora foi praticamente impecável. A edição também conta com uma arte de capa bonita que combina muito com o livro. Papel amarelado que facilita a leitura, tamanho de fonte e diagramação excelentes.

✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪ ✪

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s